Ícone do site Jaula Cursos

Gravatá -PE: Duelo judicial entre banca e o ministério público decide o futuro de 30 mil candidatos

Após a banca ADM&TEC conseguir derrubar nos autos a ação do Ministério Público, o órgão estadual já declarou que vai recorrer. Com isso o caso deve ir para o STJ. Um dos 33 ministros da corte será sorteado para julgar o processo. O prazo para se pronunciar é de 15 dias. Caso a tramitação ocorra em tempo hábil e seja favorável, a aplicação das provas deve ser mantida para os próximos dias 12 e 13/12, conforme cronograma. As provas dessa semana, que iriam ocorrer nos dias 05 e 06/12, deverão ser remarcadas.

Sair da versão mobile