Dicas

Medida Cautelar, contra nomeações, é indeferida em Barra da Guabiraba-PE

 

O Vereador, Alberto Ferreira, do Município de Barra da Guabiraba-PE, solicitou Medida Cautelar contra atos de nomeações do Concurso 2016, em desfavor do então Prefeito na época, Wilson Medeiros.

As alegações feitas estavam relacionadas ao fato de que, as nomeações não poderiam ocorrer a partir dos 180 dias que antecede o final do mandato; que a despesa com pessoa excedia o limite percentual da RCL definido na Lei de Responsabilidade Fiscal; que o Prefeito à época tinha deliberada intensão de “comprometer orçamento público para o exercício subsequente”; que o período de pandemia ainda vigente seria óbice a qualquer nomeação que não as exclusivamente para “combate do covid-19, cuja necessidade se revele urgente e em caráter permanente, não transitório.

O pedido de Medida Cautelar foi indeferido, sendo determinado a instauração de Processo de Admissão de pessoal.

As informações foram retiradas do Diário Oficial do Tribunal de Contas de Pernambuco, entre as páginas 5-8. Mais detalhes podem ser conferidos no anexo:

DiarioOficial_202102_tcepe_diariooficial_20210212-1

 

Posts relacionados
Dicas

Prefeito de Poção-PE convoca 17 candidatos aprovados no Concurso Público de 2018

O Prefeito Municipal de Poção resolveu convocar 17 candidatos que foram aprovados no Concurso…
Leia mais
Dicas

Carência de Servidores de TI podem comprometer atividades da Secretaria de Educação PE

A carência de Servidores públicos na área de Tecnologia da Informação pode comprometer as…
Leia mais
Dicas

Resultado preliminar do concurso de Flores-PE sai até dia 21/01. Confira outras etapas

Confira as próximas etapas do cronograma: Divulgação do gabarito preliminar das provas objetivas.
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *