contratações ilegais

MPPE investiga prefeitura de Caruaru por contratar servidora sem concurso ou seleção, apenas por indicação direta de vereador

Fonte: PORTARIA Nº 01871.000.244/2021 – Inquérito Civil 01871.000.244/2021

O promotor de Justiça do Município de Caruaru PE, Marcus Alexandre Tieppo Rodrigues, instaurou Inquérito para investigar irregulares na contratação de servidora que prestou servidores para prefeitura de Caruaru durante o período de abril de 2017 a abril de 2021. Segundo consta nos autos, a servidora, que atuou como “Serviços Gerais”, não foi submetida a concurso público ou seleção simplificada, sendo admitido simplesmente por indicação direta de um vereador da cidade. O detalhe é que a própria servidora reconheceu a status de sua contratação.

Segundo o promotor Alexandre Tieppo, a conclusão do Inquérito objetiva a efetivação das medidas legais cabíveis, a fim de frustrar qualquer dano ao patrimônio público.

Importante destacar que a contratação foi firmada durante a gestão a prefeita Raquel Lyra, que se afastou do cargo para concorrer a cadeira de Governadora do Estado pelo PSDB. A prefeita, antes de deixar o cargo, foi duramente criticada por sua resistência em promover concursos públicos. Vale destacar que o último concurso de grande porte da cidade ocorreu em 2012, com a banca IPAD executando o certame. Na ocasião, 800 vagas foram ofertadas. Atualmente o histórico da prefeitura de Caruaru é de fazer seleção simplificada e neste sentido trás uma solução provisória para um problema temporário.

As informações são do diário oficial do MPPE, data 18/05, pág 27 – anexo – acesse: Diario Oficial Eletronico MPPE Edicao 996 1

 

 

 

Posts relacionados
contratações ilegais

TCE-PE questiona Câmara de Vereadores do Recife por eventual burla a regra do concurso público

O Tribunal de Contas de Pernambuco, TCE-PE, analisou pedido de medida cautelar para suspender…
Leia mais
contratações ilegais

Prefeitura de João Alfredo PE completa 14 anos sem realizar concurso

Na auditoria das 859 contratações ilegais realizadas no exercício 2021 pela prefeitura de João…
Leia mais
contratações ilegais

TCE identifica 859 contratações ilegais na Prefeitura de João Alfredo (exercício 2021)

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) auditou julgou no último dia 28/07 as contratações de…
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?