contratações ilegais

TCE-PE identifica centenas de contratações ilegais em Bonito PE, multa prefeito e determina realização de concurso

 

O Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), Sr Marcos Flávio – apresentou ao pleno do TCE, no último dia 02/06/22 – o relatório de auditoria relativo ao exercício financeiro de 2020 referente a admissão de pessoal realizada pela prefeitura de Bonito PE. As admissões foram julgadas pelos conselheiros Dirceu Rodolfo, Tereza Duere e pela procuradora do Ministério Público de Contas, Sra Germana Laureano (Segunda Câmara).

O pleno da Segunda Câmara julgou irregular as admissões auditadas, pois ocorreram sem a realização de seleção pública simplificada, sendo estabelecidas mediante eventuais “indicações”. Além disso, as admissões ocorreram de forma a inflar a estrutura administrativo da prefeitura, o que violou o art. 20, inciso III, alínea “b”, da Lei de Responsabilidade Fiscal-LRF. A sentença do TCE está anexa para conferência (diário oficial do TCE, data 06/06 – pág 6).

Desta feita, o prefeito Sr. Gustavo Adolfo Neves de Albuquerque César, foi multado no valor de R$ 9.183,00. Multa que deve ser compensada em um prazo de 15 dias.

O TCE orientou o prefeito ou seus sucessores de que a reincidência irá acarretar em novas multas – conforme estipulado no art. 73, inciso IV, da Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (LOTCE), conforme dispõe o art. 3º da Resolução TC nº 01/2015 – cujo teto pode chegar a R$ 50.000,00.

O Jaula Cursos apurou o prazo em que ocorreu o último concurso pública na prefeitura de Bonito PE. Segundo dados levantados, o último certame ocorreu em 2006. Nos últimos 2 anos o Jaula vem acompanhando diariamente as publicações do TCE, seja diários oficiais ou publicações aleatórias do seu site (https://www.tce.pe.gov.br/). Apesar do lapso temporal, não se verificou neste prazo por parte do Tribunal qualquer determinação para realização de Concurso Público. Também são raros os julgamentos de admissão de pessoal que ocorrem na cidade. Desconhecemos as razões.

Anexo: tcepe_diariooficial_20220606_BONITOPE_JAULACURSOS

Posts relacionados
contratações ilegais

TCE-PE questiona Câmara de Vereadores do Recife por eventual burla a regra do concurso público

O Tribunal de Contas de Pernambuco, TCE-PE, analisou pedido de medida cautelar para suspender…
Leia mais
contratações ilegais

Prefeitura de João Alfredo PE completa 14 anos sem realizar concurso

Na auditoria das 859 contratações ilegais realizadas no exercício 2021 pela prefeitura de João…
Leia mais
contratações ilegais

TCE identifica 859 contratações ilegais na Prefeitura de João Alfredo (exercício 2021)

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) auditou julgou no último dia 28/07 as contratações de…
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?