contratações ilegais

Presidente da Câmara de Vereadores de Cupira PE é multado (R$ 27.549,00) por burla à realização de concurso público

PROCESSO TCE-PE N° 20100138-0
RELATOR: CONSELHEIRO SUBSTITUTO CARLOS PIMENTEL
MODALIDADE – TIPO: Prestação de Contas – Gestão
EXERCÍCIO: 2019
UNIDADE(S) JURISDICIONADA(S): Câmara Municipal de Cupira
INTERESSADOS: RICACIO TOUBSON CAMPINA DA SILVA

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) analisou as contas de gestão do exercício financeiro de 2019 da Câmara de Vereadores de Cupira PE, sob a responsabilidade do Sr Ricácio Toubson Campina da Silva. O relatório foi apresentado pelo Conselheiro Carlos Pimentel e aprovado em sua unanimidade pelos membros da Corte de Contas: CONSELHEIRO DIRCEU RODOLFO DE MELO JÚNIOR , Presidente da Sessão; CONSELHEIRO CARLOS NEVES; e o Procurador do Ministério Público de Contas: RICARDO ALEXANDRE DE ALMEIDA SANTOS.

Entre os achados, está o excesso de gastos da casa legislativa (violação do inciso III, do artigo 20, da LRF); gasto irregular com publicadade e sem comprovação, cujo valor deverá ser devolvido aos cofres do município (violação do artigo 5º da Resolução TC nº 05/1991) e burla à realização do concurso público.

A auditoria do TCE descobriu que a “composição do Quadro de Pessoal da Câmara é composto exclusivamente por cargos comissionados”. Ao todo, foram 17 cargos ocupados na Câmara, todos de Comissão. Não há existência de servidores efetivos.

O relatório do TCE conclui determinando prazo de 180 dias para que o atual gestor da Câmara Municipal realize concurso.

Mais informações no anexos:

Pág 5: DiarioOficial_202206_tcepe_diariooficial_20220613

Relatório de auditoria: ITD_CUPIRA 2022

 

Posts relacionados
contratações ilegais

TCE-PE questiona Câmara de Vereadores do Recife por eventual burla a regra do concurso público

O Tribunal de Contas de Pernambuco, TCE-PE, analisou pedido de medida cautelar para suspender…
Leia mais
contratações ilegais

Prefeitura de João Alfredo PE completa 14 anos sem realizar concurso

Na auditoria das 859 contratações ilegais realizadas no exercício 2021 pela prefeitura de João…
Leia mais
contratações ilegais

TCE identifica 859 contratações ilegais na Prefeitura de João Alfredo (exercício 2021)

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) auditou julgou no último dia 28/07 as contratações de…
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?